Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
Valor Econômico destaca as lições do caso OGX | Instituto de Educação Financeira

Bolsa de Valores, Finanças Pessoais, Notícias

Valor Econômico destaca as lições deixadas por Eike Batista

foto valor 2As lições e os traumas dos investidores que acreditaram no futuro promissor da OGX, empresa de Eike Batista, são o tema da reportagem “Perdas e danos” do jornal Valor Econômico desta segunda-feira (11). As promessas de lucro não cumpridas geraram questionamentos inclusive sobre o papel da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O doutor em Finanças Comportamentais e professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Jurandir Macedo, no entanto, não exime os investidores da responsabilidade de suas escolhas. Para ele, quem comprou ações da petroleira deveria saber que estava entrando em um negócio de risco extremamente elevado.

Macedo também faz menção ao desrespeito do investidor à regra básica de diversificação das aplicações e chama atenção para o movimento de “contaminação” coletiva, com o efeito manada que impulsionou os papéis da OGX.”Não é porque a empresa é grande que não pode quebrar”, comentou o professor.

IMG_4967Macedo observou também que “desde o início, a empresa deu indícios de baixa governança corporativa” e cita a nomeação do filho de Eike, Thor Batista, para a diretoria da holding EBX.

“E o que fica de aprendizado desse caso?”, questiona a matéria. Para Macedo, pouca coisa, uma vez que casos como esse tendem a cair no esquecimento. “Talvez a culpa seja da falta de educação. As pessoas precisam entender o tamanho do risco”, diz Macedo, que ressalta a importância da diversificação e reforça a necessidade de análise do longo prazo. “Se você quiser ganhar dinheiro no mercado de ações, tem que investir e desinvestir aos poucos, para pegar a tendência de longo prazo”, afirma.

A matéria completa foi publicada no jornal Valor Econômico
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

Deixe seu recado