Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
Telefone: aprenda como economizar nas contas do fixo e celular | Instituto de Educação Financeira

Finanças Pessoais, Notícias

Telefone: aprenda como economizar nas contas do fixo e celular

Controlar os valores das constas de telefonia pode não parecer fácil, mas algumas mudanças nos hábitos do consumidor podem reduzir os custos das contas de telefone fixo e celular.

Controlar o tempo de uso, escolher o melhor horário para as ligações e ficar atento às operadoras de telefonia celular são algumas das dicas que podem fazer a diferença na hora de pagar a conta.

Telefone fixo

De acordo com o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), a dica básica é ficar atento ao horário da ligação, se é ligação local ou interurbana e se o número é fixo ou móvel. Além disso, deve-se usar o telefone quando realmente for necessário e evitar ficar horas conversando.

Os melhores horários para realizar chamadas são de segunda a sexta-feira, das 0h às 6h, de sábado e domingo, após as 14h, e feriados, durante todo o dia. Nesses dias e horários, as ligações possuem tarifas reduzidas.

Para ligações de longa distância, a solução é pesquisar o preço das tarifas. Em primeiro lugar, o consumidor pode consultar a própria operadora, mas é importante que ele faça a pesquisa também em outras operadoras, pois as tarifas variam entre as empresas. No site da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), o consumidor pode simular o custo das chamadas nacionais e internacionais, já incluso o valor dos impostos.

Para quem tem acesso à banda larga, alguns programas de conversa por mensagens instantâneas podem ser uma boa opção para economizar na conta. Conversas de áudio ou áudio e vídeo são alternativas para quem é familiarizado com ferramentas on-line e precisa falar por horas ao telefone.

Internet discada

Apesar de ter caído o número de usuários desse modelo de conexão, 14% dos brasileiros ainda usam internet discada, de acordo com a Pesquisa Sobre Uso das Tecnologias da Informática e da Comunicação no Brasil, realizada pelo Nic.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR).

No caso da conexão discada, alerta o Idec, o consumidor também deve ficar atento aos horários, para não encarecer a conta do telefone fixo. As melhores tarifas, nesse caso são das 0h às 6h nos dias úteis ou das 14h de sábado até as 6h de segunda-feira.

Outra dica importante é evitar as conexões repetidas, pois cada vez que o consumidor se conecta, gera ao menos um pulso adicional, ou seja, será cobrado em cada uma dessas vezes. O tempo de duração de cada conexão também influencia, pois quanto mais tempo conectado, mais cara será a conta.

Celular

A conta do telefone celular pode se tornar um grande problema, se não for controlada. Apesar de o plano pré-pago oferecer um maior controle de quanto se vai gastar durante o mês, ele nem sempre é a melhor alternativa para as pessoas que precisam efetuar várias recargas ao longo do mês, pois o valor do minuto também é mais caro. Já o plano pós-pago pode ser vantajoso, mas vai depender da tarifa e do quanto o consumidor utiliza o aparelho.

Outra dica que vale seguir é na hora de anotar o número de alguém. De acordo com o Idec, o consumidor deve perguntar qual a operadora, pois as ligações são mais baratas, quando são para números da mesma rede.

Ligações de telefone móvel para fixo também possuem desconto, enquanto as de fixo para celular não têm redução de tarifa e acabam saindo mais caras. Recados na secretária eletrônica também são cobrados, por isso, o consumidor deve usar o recurso quando realmente for necessário.

Outros grandes geradores de custos na conta são a internet e as mensagens de texto e multimídia. Em certos casos, planos com pacotes de mensagens e internet integrada podem sair mais em conta.

Do Portal InfoMoney
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

Deixe seu recado