Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
O desafio da educação financeira | Instituto de Educação Financeira

Finanças Pessoais, Notícias

O desafio da educação financeira

Como ensinar a um aluno cuja mãe tem 70 pares de sapatos ou a outro estudante cujo pai carrega dois celulares a importância de poupar? Esse é o contexto com o qual muitas escolas privadas precisam lidar nas aulas de educação financeira, inclusive as instituições ouvidas nesta reportagem. O modelo familiar nem sempre contribui para uma conscientização sobre o bom uso do dinheiro. Além disso, muitos jovens não querem se espalhar nas experiências dos seus familiares nesse campo. As enquetes que o professor de finanças pessoais da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Jurandir Macedo, realiza todos os semestres com os novos ingressantes na disciplina revelam que menos de 20% dos alunos têm seus pais como exemplo de gestão financeira que gostariam de seguir. A escola pode, então, servir, segundo os especialistas, como um espaço de grande importância na formação de outro modelo de educação financeira, com base no ensino de valores, discussões sobre projeto de vida e uso inteligente do dinheiro.

A realidade econômica do Brasil sofreu transformações significativas nas últimas décadas. No período de hiperinflação, as pessoas estavam mais preocupadas em apenas sobreviver. Com a maior estabilização da moeda, ampliaram-se as oportunidades de consumo e crédito, o que deixou a vida de muitas crianças e adolescentes bastante confortável. Entretanto, esse cenário gerou alguns efeitos colaterais, como o excesso de endividamento das famílias. “As novas gerações se criaram com toda facilidade de hoje, mas podem ter dificuldades no futuro”, afirma Jurandir Macedo, que também e doutor em Finanças Comportamentais e consultor do Itaú Unibanco, sobre os problemas que alguns jovens podem herdar de pais que deram tudo aos filhos, mas não souberam cuidar das próprias contas.

Veja a matéria completa: Gestão Educacional
Da Revista Gestão Educacional
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

Deixe seu recado