Finanças Pessoais, Notícias

Menos é mais

Nestes dias de corrida às lojas para comprar presentes, o professor de Finanças Pessoais da UFSC e consultor, Jurandir Sell Macedo recomenda consumo consciente, sem estresse. Ele alerta que não é preciso sobrecarregar as crianças de presentes, nem se endividar muito. O excesso de presentes para crianças as impede de formarem memória sobre a festa. Recomenda usar a criatividade quando possível, preparando o próprio presente ao familiar ou amigo. Entre as opções, cita a produção de bolo, biscoitos e outros itens, como pratos especiais feitos em casa.

Da Coluna Informe Econômico
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

Deixe seu recado