Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
Melhores lugares para viver na aposentadoria | Instituto de Educação Financeira

Finanças Pessoais, Notícias

Melhores lugares para viver na aposentadoria

Aquele cenário da aposentadoria em um lugar paradisíaco não é exclusivo para milionários. Basta organização financeira e, principalmente, planejamento fiscal para que todos os seus sonhos sejam realizáveis.

A sugestão é visitar, pelo menos uma vez, o lugar em que você pretende viver quando se aposentar. Isso garante que não haverá grandes surpresas na mudança nem questões mais mundanas, como o desconforto quanto ao clima e à temperatura local.

A seguir, conheça cinco bons lugares para passar um tempo na velhice, de acordo com a International Living, organização responsável pela publicação do ranking anual dos melhores países para viver após se aposentar. A escolha dos lugares considera o custo de vida, a infraestrutura de serviços e a qualidade de vida local.

1º Equador

Eleito o melhor país para se viver na aposentadoria, segundo o site International Living. O Equador tem qualidade de vida “imbatível”, bom nível de segurança e a melhor relação custo-benefício em se tratando de moradia e serviços de saúde. São necessários 800 dólares para uma vida confortável. “Com o dobro, você terá uma vida de realeza”, informa a publicação.

Não há restrições para aquisição de imóveis. Para alugar um apartamento de dois quartos já mobiliado, o custo é de 500 dólares por mês.

No quesito saúde, a média de honorário de consulta médica fica entre 25 e 40 dólares e os medicamentos também são mais. Para completar, há as paisagens litorâneas e a arquitetura colonial da capital. “O visitante se mistura facilmente na comunidade”, informa a publicação.

2º Colômbia

Incrustada na Cordilheira dos Andes, a Colômbia se destaca pelos cenários coloridos de suas cidades coloniais. Para quem teme o narcotráfico e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, não há motivo para pânico.

Os índices de violência que assustaram residentes e estrangeiros caíram mais de 80% em cidades como Bogotá e Medellín. Um bom apartamento de três quartos no centro de Medellín sai por 100.000 dólares e o custo de vida mensal para um casal é de 1 000 dólares.

3º México

O México chama a atenção por suas cidades antigas e, principalmente, pelas ruínas — o país é repleto de sítios arqueológicos. “Desacelere e curta o jeito mexicano”, sugere a International Living. Serviços que já aumentaram de preço no Brasil, como os de empregada doméstica, cozinheira e jardineiro, ainda são encontrados por valores bem acessíveis no país.

A cidade de Campeche também é apontada como uma das mais baratas do mundo para viver após se aposentar, com um custo de vida mensal médio de 1.400 dólares para um casal. O aluguel de uma pequena casa de dois quartos em Campeche sai por 500 dólares.

4º Panamá

Os prédios e os shopping centers da Cidade do Panamá não fazem da capital do país uma cidade comum. Apesar de toda a característica urbana do lugar, a calmaria é tanta que, desde a deposição do último ditador, Manuel Noriega, em 1989, o país não tem mais Forças Armadas.

É possível aproveitar algumas vantagens dos países emergentes, como o baixo custo para alguns serviços. Santa Fé é citada como uma das cidades mais baratas para se morar no mundo. Com 800 dólares um casal vive bem no município. A moeda local é a Balboa e o país tem a melhor infraestrutura em saúde da América Central. É uma boa opção para uma vida tranquila.

5º Malásia

Mesmo que localizada na Ásia, a principal característica da Malásia é seu caráter global. O território malaio cresceu tendo como habitantes o povo local e imigrantes como indianos e chineses. Sem deixar de lado a influência britânica devido à colonização.

Penang tem um custo de vida mensal médio de 1.200 dólares para um aposentado, e a capital, George Town, é uma das cidades tombadas pela Unesco. A maior parte dos empreendimentos foi construída entre 1810 e 1890, o que faz da arquitetura a principal atração para os turistas.

Do portal EXAME
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

1 comentário to “Melhores lugares para viver na aposentadoria”

  1. Boa noite , obrigada pelo artigo ?
    Adorei !!!!
    Por gentileza , se tiver um artigo , de lugares interioranos em São Paulo , tranquilo , muito verde , animais , leite de vaca , ovos caipira , doces de fazenda , poder andar de bicicleta etc…
    Amo !!!
    Sou aposentada recente , trabalhei muito , e gostaria de viver , com pouco de qualidade de vida .
    Dizem que Aluminio , é muito lindo !
    Náo conheço , será que é vero .
    Desde já , muito obrigada .
    Abraços .

Deixe seu recado