Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
Melhores escolhas: como agir perante o novo cenário econômico? | Instituto de Educação Financeira

Finanças Pessoais

Melhores escolhas: como agir perante o novo cenário econômico?

Dúvidas_Finanças

A edição mais recente da revista Itaú levanta uma série de questionamentos que passaram a ocorrer aos brasileiros a partir das mudanças no cenário econômico, principalmente no que diz respeito à queda na taxa básica de juros (Selic). O impacto já é sentido no rendimento das aplicações mais conservadoras e na mudança da estrutura do mercado de investimentos.

O que os especialistas têm a dizer

“Todos nós teremos de aceitar mais riscos se quisermos mais retorno. Também, eventualmente, perda de liquidez se quisermos caminhar para aplicaçõess mais vantajosas. Essa é a nova realidade.”

- Eduardo Giannetti, economista.

“Trabalhamos em torno de 160 horas por mês, mas geralmente não investimos
nem meia hora desse tempo para colocar o resultado de tanto esforço para trabalhar por nós. Trinta minutos por semana bastariam.”

- Denise Hills, superintendente de Sustentabilidade do Itaú Unibanco.

“Muitas vezes, as pessoas são motivadas por um sentimento de ostentação social. Isso faz com que gastem mais do que têm apenas para aparentar ser alguém que, de fato, não são. Controlar isso é fundamental.”

- Jurandir Sell Macedo, consultor de Finanças Pessoais do Itaú Unibanco e professor da UFSC.

“[A regra do 1,3,6,9] É uma conta fácil para saber a quantia de dinheiro que você precisa ter economizado dependendo da sua idade. Logicamente que se trabalha com os números de hoje. A cada ano a resultado muda.”

- Claudio Sanches, diretor de Produtos de Investimentos e Previdência do Itaú Unibanco.

O que fazer?

Para conseguir melhores resultados no atual cenário, é preciso escolher:

1. Consistência
Saber o que se deseja lá na frente e pautar as ações ao longo do tempo para alcançar esse resultado.

2. Começar cedo
Pensar em longo prazo e no nosso futuro, com um horizonte muito maior do que estavamos acostumados até agora.

3. Economizar mais
O que vai fazer a diferença é o montante do esforço de poupar.

4. Riscos
Se quiser mais retorno, deverá estar disposto a aceitar mais riscos. Mas, antes de qualquer investimento, avalie qual é o seu perfil de investidor.

5. Menos liquidez
Se quiser caminhar para aplicações mais vantajosas, aceite o risco de perder liquidez (prazo e custo para um investimento transformar-se em caixa).

Capa RevistaQuer saber mais?

Confira a reportagem na íntegra clicando na imagem ao lado e bons investimentos!

Você gostou deste artigo? Compartilhe:

2 comentários to “Melhores escolhas: como agir perante o novo cenário econômico?”

  1. Tenho 45 anos, e já penso em aposentadoria, entretanto não na previdência privada. Avaliei alguns planos oferecidos em bancos, e continuamente tenho a impressão de que aportes mensais em ETF+Tesouro diretamente me dão mais elevada retorno que os planos dos bancos, além de possuir gastos mais reduzidos. Essa estratégia é certa? Ou estou faltando algum ponto importante?

    • Se você tiver rígida disciplina para manter os aportes mensais, realmente pode conseguir um retorno superior. Entretanto, é bom ressaltar que poucas pessoas conseguem manter a disciplina necessária. Você está começando tarde e terá que investir um percentual elevado do seu salário na previdência. Para saber mais, confira a “metodologia 1, 3, 6, 9″ que o Itaú preparou: http://www.itau.com.br/invista

      Finalmente, se você paga o Imposto de Renda em formulário completo, é interessante ao menos colocar uma parte em planos de previdência privada para aproveitar os incentivos fiscais até o limite de 12% de seu salário.

      Bons planos e boa aposentadoria!

Deixe seu recado