Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
Filhos: seu melhor investimento | Instituto de Educação Financeira

Finanças Pessoais, Notícias

Filhos: seu melhor investimento


por Celina Arruda Macedo

Todos nós queremos ter filhos felizes, independentes e bem sucedidos pessoal e financeiramente. Qual a razão, então, para tantos filhos serem justamente o oposto disso?
O motivo pode estar no fato de muitos pais encararem os filhos como fontes de gastos, e não de investimentos. Investir nos filhos pressupõe educar hoje para que no futuro eles possam gerir as próprias vidas. É essencial investir tempo, empenho e dinheiro na educação de nossos filhos. O importante aqui não é a quantidade, mas a qualidade do investimento.

A educação começa nos primeiros anos de vida

Investir na educação dos filhos não é apenas uma questão financeira. Significa também dar amor, carinho, empantia e apoio. E o mais importante: dar-lhes limites. Dizer “não” é a melhor maneira de ajudar na formação da personalidade deles.
Alguns pais continuam atendendo todos os desejos e caprichos dos filhos como se eles fossem recém nascidos. Os filhos, por sua vez, acabam agindo como se os pais existissem apenas em função deles. Crianças sem limites viram adultos tiranos, sem rédeas de suas vidas, nem de suas finanças.
Pais de filhos mimados tendem a querer adivinhar qual será o próximo desejo da criança. Acostumados a terem os pedidos prontamente atendidos, os filhos não aprendem a lidar com frustrações e têm grandes chances de se tornarem adultos consumistas, afinal de contas, foram criados como “o centro do universo”.
Tolerar as frustrações é uma das habilidades mais úteis que os pais podem passar para os filhos. Quem não suporta ter seus desejos frustrados, não aprende a esperar e não consegue seguir planos. Os filhos precisam aprender a planejar o futuro e a definir o que gostariam de fazer daqui a um ano, cinco ou dez anos. Planejar o futuro significa fazer trocas, fazer um esforço agora para obter um prêmio maior no futuro.
Nossos filhos precisam ter garra, e garra só se encontra na luta. É importante que eles tenham apoio dos pais para alcançar aquilo que desejam, que escutem dos pais “vá em frente, não tenha medo!”, mas é importante que eles saibam que o custo dos erros será deles, pois é assim que será na vida adulta.

É em casa que se aprende educação financeira

Ter educação financeira é saber respeitar limites, é saber esperar e fazer trocas intertemporais. Aprender a administrar a mesada é o primeiro passo para a construção da liberdade financeira. Quanto antes seu filho aprender a poupar e a investir, antes ele saberá dar valor ao dinheiro.

Os filhos aprendem por imitação ou por oposição e os pais são fortes modelos. Muitos filhos percebem que aquilo que é dito em casa não corresponde com as atitudes do dia a dia. Na educação dos filhos, inclusive a financeira, não vale o ditado “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”. 

O investimento na educação financeira de nossos filhos trará retorno para eles, para as famílias e para o futuro do país.

Do Portal Expo Money
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

Deixe seu recado