Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
Ensine desde cedo o valor do dinheiro | Instituto de Educação Financeira

Finanças Pessoais, Notícias

Ensine desde cedo o valor do dinheiro

Estimular a garotada a entender desde cedo o valor do dinheiro e a importância de poupar é também uma ferramenta importante para estimular o empreendedorismo desde a infância. Foi pensando nisso, que a educadora da Associação dos Moradores do Conjunto Santa Luzia e mãe de um garoto de seis anos, Silvana Reis, resolveu aplicar com as meninas do seu grupo de dança a metodologia de Educação Social e Financeira, Aflatoun. Silvana participou de uma formação organizada pela Organização Não Governamental Visão Mundial, onde foi capacitada para atuar como replicadora da metodologia.

O grupo de dança coordenado por Silvana, o Sementes do Amanhã, é um projeto social que atende crianças de baixa renda, com idades entre 4 e 12 anos, moradoras da Península de Itapagipe, na Cidade Baixa. A metodologia pressupõe a criação de um “clube das finanças”, com presidente, tesoureiro, entre outros cargos. Cada integrante do grupo fica responsável por uma função específica. O objetivo central é gerenciar os recursos de forma coletiva. Para isso, cada criança contribui com a quantia que pode para fazer um “caixa” do grupo. O dinheiro é utilizado para fretar transporte para levar as crianças aos teatros, ao cinema e, também, para comprar roupas e acessórios para montar o figurino e o cenário das apresentações.

A partir desta prática, Silvana pretende estimular as crianças a entender a importância do dinheiro e a lutar para realizar os seus sonhos. “Vemos muitas crianças serem aliciadas para o mundo do tráfico porque querem dinheiro, outras frustradas porque vêm na televisão coisas que não podem ter. Então, ensinamos a elas o valor do dinheiro e a importância de conquistá-lo de maneira digna”, explica a educadora. Segundo ela, várias crianças vão descobrindo suas formas de empreender para conseguir as suas moedas que podem ser de R$ 0,10, mas que juntas fazem os sonhos das crianças se tornarem realidade.

“Teve uma vez que a gente comprou um monte de pulseira, de colar, de brinco, de roupa bonita para a apresentação que a gente fez aqui no bairro. Foi muito legal”, recorda a pequena Raila – a garotinha empreendedora que descobriu na reciclagem uma forma de conseguir o seu próprio dinheiro. Ela é uma entre as 25 meninas que integram o Sementes do Amanhã.

Para a professora de Educação Financeira, pós-doutora em Psicologia Cognitiva e autora do livro “Filhos: seu maior investimento”, Celina Arruda Macedo, ter educação financeira é saber esperar, saber fazer escolhas e aproveitar as oportunidades. “Pode parecer que uma criança não consegue entender esses conceitos, mas é no dia a dia que elas aprendem”, ressalta a especialista. Por isso, ela ressalta a importância de ensinar desde cedo as crianças a esperar. “A partir dos dois anos podemos falar mais especificamente sobre educação financeira. Quando a Mariazinha diz: “compra mãe” é porque ela já entendeu que não basta chegar à loja, pegar a boneca e sair sem dar nada em troca. Ela já entendeu que o que temos que dar para levar a boneca para casa se chama dinheiro”, orienta Celina. O que independe da classe social à qual pertence a criança, pois, há crianças mimadas que não sabem ouvir um “não” em todas elas. “O que ocorre é que quanto mais alta for a classe social, mais difícil será para o pai de dizer ao filho que não vai dar algo. Ele logo vai protestar: mas você tem dinheiro!”, diz Celina.

Jogos, bons aliados – Os jogos educativos podem ser grandes aliados na tarefa de educar financeiramente os filhos e evitar que se tornem adultos consumistas. Celina Macedo explica que o jogo é um instrumento que ensina a criança a ter objetivos, a pensar em metas e buscar alcançá-las e também ensina a criança a superar frustrações. “Os jogos e as brincadeiras podem ensinar o filho a esperar a vez, a planejar, a seguir metas e a rever estratégias para chegar a um objetivo especifico. Pontos importantes para quem quer ter sucesso financeiro”, avalia a especialista.

Além dos jogos, existem alguns softwares específicos que também aliam “assunto sério” com diversão e ajudam a despertar o potencial empreendedor. É o caso do “Minha Empresa”, desenvolvido pelo consultor em Fernando Dolabela. Voltado para meninos e meninas com idades entre 13 e 15 anos, o software auxilia o adolescente a construir o Mapa dos seus Sonhos, que se trata de fazer um Plano de Negócios, porém de forma simplificada e lúdica.

SAIBA MAIS

Como educar financeiramente as crianças? A especialista em educação financeira, Celina Arruda Macedo fala sobre cinco dicas essenciais. Confira!

Do Portal Gente e Mercado
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

Deixe seu recado