Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
Dicas para uma Páscoa sustentável e divertida | Instituto de Educação Financeira

Artigos, Família e finanças, Finanças Pessoais

Dicas para uma Páscoa sustentável e divertida

224db3bbff92e26c4ec9502c8200cfa3Daqui a poucos dias várias crianças estarão indo à caça de seus ovos de Páscoa. Um símbolo religioso, sinônimo de abundância, renovação e esperança, mas também uma ocasião para saborear chocolate junto à família.

Já que a data sugere consumo, o primeiro passo é evitar os exageros para não cair no desperdício. Consumir sem planejamento aumenta a extração de recursos naturais. Isso se torna insustentável à medida que o consumo fica maior que a capacidade que o planeta tem de reposição. Muitas vezes produtos são adquiridos pelo simples impulso de compra, e os ovos de páscoa não fogem a essa regra.

É comum chegar a casas de parentes e amigos dois, três, quatro meses após a páscoa ainda ver ovinhos sendo oferecidos. Será que é preciso fazer reservas de ovos de páscoa? Ou, então, será que eu quero fazer reservas de ovos de páscoa? Deveríamos nos fazer essas duas perguntas antes mesmo de sair às compras.

Quando pensamos sobre a compra, estamos fazendo planejamento – e planejar não significa gastar menos, mas gastar melhor. Eliminar os prazerosos “supérfluos” da vida é um erro. O que devemos eliminar são os desperdícios. O uso consciente do dinheiro traz benefícios não só ao nosso bolso, mas também ao meio ambiente.

Dicas de brincadeiras para pequenos e grandes

O segundo passo é fazer da Páscoa um domingo especial com a família. Páscoa é tempo de cuidar das relações e de recuperar os laços da solidariedade. Para o próximo domingo, pense em quais prazeres você pode construir junto à família. Inclua a participação dos filhos em cada uma das atividades, seja conversar, contar e ouvir histórias, cozinhar, jogar, cantar, tocar um instrumento. Enfim, cada família sabe (ou deveria saber) o que agrada os seus.

Além da tradicional brincadeira de procurar os ovos escondidos pelo coelhinho, que tal brincar de corrida do ovo no quintal de casa ou no playground? Nessa brincadeira as crianças deverão levar ovos cozidos em uma colher de um lado a outro sem deixar que eles caiam. Ganha quem chegar primeiro e sem derrubar o ovo. Quer mais emoção? Não cozinhe os ovos.

Outra brincadeira: coelhinho sai da toca. Nessa brincadeira as crianças são divididas em grupos de três e formam um grande círculo. De cada três, dois ficam na frente um do outro, dão as mãos e erguem os braços. O terceiro fica no meio, embaixo dos braços unidos dos amigos, fazendo o papel de um coelho dentro da toca. No centro do círculo ficará uma única criança, que será um coelho solitário. Uma pessoa do grupo é escolhida para gritar: “Coelhinho, sai da toca!”. Nessa hora, todos os coelhinhos saem de suas tocas e aquele que estava no círculo, também. E todos procuram uma nova toca. Quem ficar sem toca vai para o centro e a brincadeira continua.

Na corrida de coelhos dentro de sacos é preciso ter muito fôlego. Divida as crianças (ou adultos) em duas ou mais equipes. Marque com o giz a linha de saída/chegada e coloque uma cadeira como ponto de retorno. As equipes deverão permanecer em colunas, atrás da linha. Ao sinal, a primeira pessoa de cada equipe deverá sair saltando como um coelhinho até a cadeira, contorná-la e retornar até a linha, onde a próxima iniciará o processo, até a última. Vence a equipe que terminar primeiro.

Para brincar de rabo do coelho você vai precisar de uma cartolina com o desenho de um coelho, de costas, com um pompom feito de lã ou outro material, fita crepe e venda para os olhos. O coelho deve ser fixado na parede e os participantes, com olhos vendados, deverão encaixar o rabo do coelho no lugar certo.

Momentos como esses motivam a família a ser mais aberta, dividir suas ideias e modo de ser. Não há nada melhor no mundo do que ter uma família que cria e desfruta momentos especiais para conversar, rir, abraçar, beijar e brincar.

Feliz Páscoa!

Celina Macedo é conselheira do IEF e coordena os projetos de Educação Financeira voltados para pais, crianças e adolescentes. Autora do livro “Filhos: seu melhor investimento”.

Você gostou deste artigo? Compartilhe:

1 comentário to “Dicas para uma Páscoa sustentável e divertida”

  1. É muito importante mesmo! Hoje em dia a páscoa deixou de ser um simples feriado religioso para ser um lucro das empresas produtoras de chocolate. Muitas pessoas acabam comprando chocolate a um preço muito superior ao normal por conta da ‘data sagrada’. Temos que pensar que a pascoa é mais voltada pela união e convivência de familiares e amigos do que pelo sentimento de dar presentes.

Deixe seu recado