Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
Dez maneiras de usar o bônus da empresa | Instituto de Educação Financeira

Finanças Pessoais, Notícias

Dez maneiras de usar o bônus da empresa

Um dos momentos mais esperados do ano chegou: a hora de receber o bônus da empresa. Depois de um ano de trabalho, o dinheiro cai na conta como uma recompensa. “Parece um prêmio que alguém nos deu,” diz Jurandir Macedo, do Instituto Educação Financeira e doutor em finanças comportamentais. Automaticamente, o cérebro classifica o dinheiro como um presente. “É o nosso sistema de contabilidade mental que faz isso, separa tudo em caixinhas,” diz o especialista.

Mas classificar este capital como um presente não quer dizer que deve ser gasto apenas para os sonhos. O trabalhador deve, sim, realizar seus desejos e comprar itens que não teria condições sem o dinheiro extra. Mas o ideal fazer uma avaliação de sua real situação, para tentar tirar problemas antigos da cabeça. Antes de gastar tudo com um novo computador ou um presente para alguém querido, por exemplo, é melhor quitar dívidas pendentes. Veja abaixo dez formas de fazer bom uso do seu bônus neste ano:

1) Faça uma aventura aérea

Vista aérea do Arquipélago de Anavilhanas, na Amazônia, onde um passeio de hidroavião sai por R$ 1.200

Balão, parapente, paraquedas, helicóptero, hidroavião, asa delta e planador. Quem sempre sonhou em ver o mundo por cima pode aproveitar o bônus para um passeio aéreo. Dependendo da escolha, pode sobrar uma parte do dinheiro do bônus para poupar.

Entre as opções mais diferentes está o passeio de hidroavião na Amazônia. A empresa de experiências Immaginare oferece a aventura por cerca de R$ 1200. Durante uma hora, a aeronave sobrevooa os igarapés de Tarumã-Açu e Tarumã-Mirim, o Rio Negro, áreas de floresta primária e o Arquipélago de Anavilhanas.

Para sobrevoar de helicóptero as Cataratas do Iguaçu, o litoral paulista e as cidades de Rio de Janeiro e São Paulo, os preços variam de R$ 280 a R$ 4300. Já os passeios mais radicais – de paraquedas, parapente e asa delta – podem ser comprados por R$ 190 a R$ 600. Os tours de balão oferecidos pela Immaginare custam entre R$ 390 e R$ 580.

Em todos os casos, o valor não inclui passagens aéreas para o local da partida do passeio, hospedagem em hotel, alimentação ou demais gastos. Por isso, o aventureiro deve incluir todas essas despesas na conta.

2) Pague suas dívidas como se fosse um presente para você

Ainda que seu sistema de contabilidade mental separe o dinheiro do bônus na caixinha “prêmio”, nada impede que este recurso extra seja usado para objetivos de outra caixinha. “A primeira coisa que as pessoas fazem, mas não deveriam fazer, é achar que o dinheiro do bônus não é para pagar dívidas,” diz Jurandir. A sugestão dele é: pague o que deve como se isso fosse um presente para você.

“Quando pagamos juros, pagamos um aluguel pelo dinheiro dos outros. Então, se for possível, pague logo suas dívidas, pois elas são caras no Brasil, onde os juros são altos,” diz o especialista.

3) Compre uma esteira ergométrica

Esteira ergométrica pode dar ânimo para cumprir metas de saúde feitas para o ano

Quem ainda não está levando a sério as metas de saúde feitas para 2012 – ou acredita que o ano só começa depois do carnaval – pode usar o dinheiro do bônus para comprar uma esteira ergométrica.

Como as esteiras fazem parte do grupo de itens caros e não essenciais, muitas vezes são deixadas de lado pelos consumidores. Por isso, o bônus pode ser a solução perfeita. Com R$ 9.990 é possível levar para casa uma Movement (modelo RT-250 GII), com tela de LCD e monitoramento de frequencia cardíaca.

4) Comece a poupar

Investir o dinheiro do bônus é um ótimo começo para quem vem tentando começar a poupar há bastante tempo, mas não consegue. Como o valor costuma ser significativo, pode alavancar a poupança e incentivar o poupador a fazer mais aplicações no futuro.

Se ainda não possui um fundo de emergência, esse deve ser o primeiro destino do dinheiro do bônus, diz Macedo. “O ideal é que trabalhadores assalariados tenham o equivalente a três salários em uma ‘reserva para dias chuvosos’,” diz. As aplicações sugeridas são aquelas menos arriscadas, como a poupança e os fundos DI. Se o volume for grande, os CDBs dos bancos.

Se já possui a reserva para os imprevistos, o próximo uso do dinheiro deve ser o investimento para a aposentadoria. “Ainda que muitos já tenham o benefício do INSS, é bom complementar,” diz o especialista. Quem tem mais tempo pela frente, pode montar uma carteira de investimentos com mais aplicações de renda variável. Quem tem menos tempo, deve ficar mais exposto à renda fixa.

Quem já possui o dinheiro da emergência e também um bom esquema para a aposentadoria pode começar a poupança dos sonhos. Neste caso, a aplicação pode ser planejada de acordo com os planos de realização.

5) Faça um curso

Curso de preparo de aperitivos ou petiscos de bar custam em torno de R$ 400

Pouco importa se o objetivo do curso é realizar um desejo ou fazer aperfeiçoamento pessoal. Pagar por um aprendizado ou aperfeiçoamento é um ótimo destino para o dinheiro do bônus.

Para ter diversão, cursos de cozinha, vinhos e fabricação de cervejas são boas opções, pois ajudam a dar uma turbinada nos dotes culinários e na arte de receber bem os amigos em casa.

Para aprender a fazer “comidas de botequim”, como caldinho de feijão com cachaça e carne de sol, ou bolinho de bacalhau, o preço é R$ R$ 396 no Centro Especializado em Gastronomia, em São Paulo. A escola também tem cursos dedicados apenas para homens, de brigadeiros, de aperitivos, risotos e opções para casais.

Já um curso de vinho com Bruno Hermenegildo, sommelier da Dioníso Wine Club e membro da
Confraria dos Sommeliers de São Paulo, custa R$ 440, enquanto as aulas de fabricação de cerveja saem por pouco mais de R$ 100.

6) Compre um computador novo

O notebook é um dos bens de consumo mais desejados pelos brasileiros. Como eletrônicos, em geral, são bens caros no Brasil, o bônus pode ser uma oportunidade de adquirir um produto que atenda às necessidades e desejos do trabalhador sem que ele precise se endividar.

Os preços variam bastante, de R$ 500, pagos pelos modelos mais simples, a quase R$ 10 mil pelos mais sofisticados. No Brasil, modelos ultrafinos – que causaram frisson na última edição da CES, a mais importante feira de tecnologia do mundo, nos Estados Unidos – já podem ser encontrados por menos de R$ 3 mil.

Outra opção são os tablets, como o Ipad, da Apple, que é vendido por R$ 2.049 (com 3G e 16 GB), o Galaxy Tab, da Samsung, que custa R$ 1.999 , e o Ypi, da Positivo, que custa R$ 999 (versão somente com Wi-Fi)

7) Troque seu colchão

Troque o colchão e faça o dinheiro do bônus melhorar a qualidade de seu descanso

Depois de um ano inteiro de trabalho e muitos anos de descanso sobre o mesmo colchão, pode ser uma ótima ideia usar o dinheiro do bônus para trocá-lo.

As lojas estão repletas de modelos inovadores, que prometem aliviar dores e acabar com problemas insônia. O colchão de casal Magnético New Quântico, da marca Cataratas, vem com massageador e custa em torno de R$ 5.500.

Mas antes de comprar, é bom consultar um ortopedista para obter recomendações.

8 ) Dê uma repaginada no seu visual de trabalho

Alguns dizem que devemos nos vestir no trabalho da maneira que se vestem aqueles que admiramos, ou aqueles que ocupam os cargos que queremos atingir. Outros afirmam que um visual condizente com o ambiente de trabalho pode até ajudar a melhorar o salário e a alavancar a carreira.

Se você acha que está deixando a desejar no quesito aparência no trabalho e que pode estar perdendo com isso, o bônus pode ajudar a resolver esta questão, já que o vestuário é um item custoso no Brasil. No ano passado, as roupas lideraram as altas dos preços no País.

9) Invista em ações

Quem tem tolerância ao risco pode usar o dinheiro do bônus para investir em ações. Alguns analistas acreditam que o mercado brasileiro está barato, mesmo após altas recentes. Por isso, o momento atual pode ser propício para o investimento em bolsa de valores.

Mas essa opção não vale para quem não suporta a ideia de perder o que tem. “É preciso ter disposição para aplicar R$ 10 mil, por exemplo, e ter R$ 5 mil no mês seguinte, caso a bolsa caia,”diz Macedo. Se consegue lidar com essa situação, o funcionário pode até multiplicar o dinheiro do bônus.

10) Adote um animal de estimação

Dinheiro do bônus pode pagar passeadores e creches para o animal de estimação, além das despesas mensais

Quem trabalha muito e não tem ninguém em casa durante o dia dificilmente pensa em ter um animal de estimação, ainda que morra de vontade. Assim, acaba ficando sem os pequenos companheiros. Mas o bônus pode mudar essa situação.

Com dinheiro, é possível pagar para deixar o cachorro ou o gato em uma creche por cerca de R$ 20 por dia. Quando os compromissos se estenderem até mais tarde, o custo do pernoite em hoteis especializados fica entre R$ 30 e R$ 50.

O serviço de passeadores de cães também é útil para quem não consegue levar o animal para dar uma voltinha todos os dias. A empresa HouseDog, em São Paulo, cobra R$ 200 por mês para levar seu cachorro para caminhar durante uma hora, duas vezes na semana.

Uma sugestão é colocar uma parte do dinheiro do bônus em uma poupança para o animal de estimação, para que possam ser feitos saques mensais. Uma outra parte pode ficar em outra aplicação mais rentável, que seja como um fundo para os cuidados com o bichinho. Assim, o dono consegue arcar com os custos da creche, do hotel e das demais despesas, como a ração, o banho, as vacinas, o veterinário e os mimos.

Quando somado também o valor do passeador, as despesas podem variar entre R$ 350 e R$ 700 ao mês para quem adotar o cachorro. Os custos para manter os gatos são menores, variando entre pouco mais de R$ 100 a cerca de R$ 300.

Do Portal IG
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

Deixe seu recado