Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
As dicas para se aposentar com um supersalário | Instituto de Educação Financeira

Finanças Pessoais, Notícias

As dicas para se aposentar com um supersalário

Satisfeito com o salário de hoje? Se a ideia é manter o padrão até o fim da vida, o ideal é que você comece a poupar desde já. Com o teto da aposentadoria do INSS fixado em 3.691,74 reais, especialistas em finanças não hesitam em eleger o tempo como o grande aliado de quem busca formar um colchão financeiro mais generoso. Isso porque quanto maior for o horizonte da aplicação, mais modestos precisarão ser os recursos investidos mês a mês.

Quem pretende se aposentar com uma renda de 26.700 reais, por exemplo, salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal, deverá guardar 3.430 reais todos os meses se a perspectiva for de pendurar as chuteiras em 40 anos. Caso o prazo seja cortado pela metade, a poupança mensal deverá ser quase quatro vezes maior: 13.600 reais.

O cálculo considera uma rentabilidade real de 5,58% ao ano, isto é, livre de impostos e da subida da inflação. Hoje, esta taxa pode ser conseguida com o investimento em títulos do governo indexados ao IPCA com vencimento para 2045. Responsável pela conta, o professor de finanças da UFSC e consultor do Itaú Jurandir Macedo reforça que embora seja conservadora, a rentabilidade é acessível e mais do que suficiente para garantir a manutenção do padrão na velhice.

Mesmo quem ganha muito nos dias de hoje não deve escapar das preocupações com a aposentadoria lá na frente. De Mike Tyson a Nicolas Cage, histórias de grandes esportistas e estrelas do showbusiness que acumularam quantias milionárias no passado e não souberam administrar o patrimônio são abundantes. Segundo Macedo, os afortunados do presente não devem esquecer que, para manter o padrão, é preciso reservar boa parte do dinheiro recebido nos dias de glória.

Se o jogador Neymar quiser preservar na aposentadoria o 1 milhão de reais embolsado todos os meses em salário e patrocínios, por exemplo, ele precisará investir nada menos que 128.600 reais todos os meses em uma aplicação que renda mais de 5% acima da inflação. O prazo? Longos 40 anos.

Considerando a brevidade das carreiras esportivas, a lição que fica para todos os tipos de investidores é a mesma: o auge da carreira é também a melhor hora para aumentar o percentual da poupança e resistir aos impulsos consumistas. “Quanto mais for guardado, melhor”, resume Rodrigo Menon, sócio da Beta Advisors.

Ele reconhece, entretanto, que a tarefa nem sempre é das mais fáceis. “Em meses como janeiro, quando os gastos com impostos como IPTU e IPVA são altos, o objetivo se complica. De qualquer forma, poupar 30% a 40% do salário é uma ótima estratégia”. Bônus inesperados, prêmios e restituições do imposto de renda também podem ser usados para turbinar a poupança para a velhice.

Menon lembra que se os juros atualmente pagos pelos papéis da dívida pública já garantem retornos satisfatórios, as taxas não deverão ser mantidas no longo prazo. “Há sete anos tínhamos uma Selic de 22%. Hoje, a taxa é de 12,5% e as medidas do governo de aumentar o superávit e reduzir os gastos dão mostras do que pode vir pela frente”, afirma.

Para manterem a atratividade junto aos investidores, os títulos públicos tradicionalmente pagam mais que a taxa básica de juros. Com a perspectiva de redução da Selic em um horizonte mais estendido, cresce o apelo da renda variável, o que não deixa de beneficiar mais uma vez os investidores mais jovens – quem começa a poupar cedo conta com a possibilidade de fazer investimentos mais ousados, com tempo para recuperação de eventuais tombos.

“No longo prazo, o mercado de ações oferece um prêmio adicional médio de 5,7% sobre as taxas do governo”, afirma Ricardo Almeida, do Insper. “Mas para conseguir isso, é preciso contar com uma carteira diversificada”. Na opinião do especialista, os ETFs (Exchange Traded Funds) são uma boa alternativa ao replicarem o desempenho de uma cesta de ações cobrando baixas taxas de administração. Neste caso, Almeida aponta o BOVA11, que segue o Ibovespa, como a melhor escolha.

Confira abaixo, como personalidades que já embolsam quantias de respeito deveriam poupar todos os meses para manterem suas rendas inalteradas na aposentadoria. Feito pelo professor de finanças Jurandir Macedo, o cálculo considera a rentabilidade mais alta oferecida hoje pelos títulos públicos de vencimento longínquo: 5,58% ao ano livres de impostos e inflação.

Neymar – 1 milhão de reais

Aos 17 anos, o craque do Santos já ganhava 55.000 reais mensais. Quando atingiu a maioridade em 2010 e foi convidado a jogar no Chelsea, na Inglaterra, ele decidiu ficar no Brasil. Em troca, viu o salário subir meteoricamente. Entre contratos de publicidade e o montante recebido todos os meses do Santos, o jogador tira hoje 1 milhão de reais por mês.

Para se aposentar ganhando a mesma bolada, ele deveria poupar:
128.600 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 40 anos
244.000 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 30 anos
509.600 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 20 anos

Rodrigo Faro – 400 mil reais

À frente do programa “O Melhor do Brasil”, exibido aos sábados na TV Record, o apresentador Rodrigo Faro rende o maior retorno publicitário à emissora – em 2010, sua imagem foi exibida mais de 4.000 vezes em intervalos comerciais. A estimativa é que ele embolse um salário de 400 mil reais, fora os ganhos com publicidade.

Para pendurar as chuteiras e garantir os 400 mil reais mensais, ele deveria poupar:
51.450 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 40 anos
97.600 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 30 anos
203.840 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 20 anos

Deborah Secco – 120 mil reais

Aos 31 anos, Deborah Secco coleciona personagens de sucesso na cinema e na TV. Em evidência como Bruna Surfistinha e Natalie Lamour neste ano, a atriz integra o primeiro escalão no time de atrizes da Globo. A credencial lhe garante um salário de 60.000 reais por mês, valor que dobra quando Deborah está com um papel no ar.

Para se aposentar ganhando 120 mil reais todos os meses, ela deveria poupar:
15.430 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 40 anos
29.280 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 30 anos
- 61.150 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 20 anos

Ministros do Supremo Tribunal Federal – 26.700 reais

Os ministros do STF já aprovaram uma proposta de aumento do salário para 30.600 reais em 2012, mas o projeto ainda precisa ganhar o aval dos políticos no Congresso. Por ora, o salário permanece sendo de 26.700 reais, o mais alto entre os todos os cargos dos servidores do governo.

Quem quisesse ganhar o teto do funcionalismo público, deveria poupar:
3.430 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 40 anos
6.510 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 30 anos
13.600 reais por mês se o prazo da aplicação fosse de 20 anos

Do Portal EXAME
Você gostou deste artigo? Compartilhe:

2 comentários to “As dicas para se aposentar com um supersalário”

  1. Isso pra se aposentar com salário de ministros. E o povão que não tem 3mil pra poupar por 40 anos, como que fica? Afinal é melhor apostar em aplicações ou correr pra previdencia privada?

Deixe seu recado