Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier 't' in /home/edufinan/public_html/wp-content/plugins/mobile-website-builder-for-wordpress-by-dudamobile/dudamobile.php on line 603
A virtude está no meio termo | Instituto de Educação Financeira

Finanças Pessoais, Notícias

A virtude está no meio termo

Martin Iglesias, autor do livro "Investimentos - um livro de segredos e conselho"

Por Letícia Teston
Muitas vezes não percebemos, mas os cuidados que temos com o nosso corpo são semelhantes àqueles que devemos ter com o nosso dinheiro. Assim como a obesidade e a anorexia são nocivas à saúde, o consumo demasiado ou o excesso de poupança também são prejudiciais. Essa foi a principal mensagem do consultor financeiro Martin Iglesias, em sua palestra no primeiro dia da Expo Money, que acontece no Centro Sul, em Florianópolis nesta quarta (8) e quinta feira (9).

Martin chamou atenção para o dilema das relações contemporâneas: controlar os pequenos gastos cotidianos para obter compensações futuras, o que, na prática, significa deixar de comprar algo hoje para fazer o dinheiro render. Fazer com que os juros se tornem um aliado, não um pesadelo é um dos grandes segredos dos investifores. Mas para o salário render no longo prazo, além de planejamento, é preciso muita paciência.

Martin busca no conceito de homem político de Aristóteles a ideia de que “a virtude está no meio”. “Esse conceito não se refere à mediocridade, como muitos interpretam, e sim ao equilíbrio – vivermos o dia a dia sem esquecermos o futuro”, explica. E pensar no futuro significa fazer um bom planejamento financeiro. “Ao contrário do que muitos pensam, entretanto, planejamento não está restrito à acumulação. Não trabalhamos para ganhar dinheiro, e sim para alcançar nossos objetivos”.

Ele sugere ainda alguns passos que devemos trilhar para que o controle do orçamento gere frutos mais tarde. O primeiro diz respeito ao controle de nossos gastos domésticos: quanto recebemos, como e onde gastamos. Definir quais são as despesas fixas, as variáveis e as ocultas . A última se refere àquele dinheiro que não sabemos para o que foi utilizado. Montado o orçamento, algumas perguntas devem surgir: há equilíbrio?  Sobra dinheiro para investir? Quais são minhas metas?

“Um portfólio seguro prevê uma reserva de emergências, um plano de aposentadoria e investimentos em rendas variáveis” explica. Martin lembra que os investimentos em renda fixa rendem, no Brasil, cerca de 4% de juros reais ao ano, por isso a importância em termos investimentos diversificados, já que a rentabilidade do mercado acionário é consideravelmente maior no longo prazo.

Você gostou deste artigo? Compartilhe:

Deixe seu recado